ENDOSCOPIA

IMG-20191031-WA0030.jpg
IMG-20191031-WA0029.jpg
IMG-20191031-WA0013.jpg

ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA

 

• INDICAÇÃO:

A endoscopia digestiva alta é um exame utilizado para obter imagens macroscópicas da mucosa de todo o trato gastrointestinal superior ( cavidade oral, faringe, esôfago, estômago, duodeno). É possível também realizar coletas de amostras das mucosas para ser realizado exame de histopatologia, além de ser possível a remoção de estruturas como corpos estranhos e alguns tipos de pólipos. 

 

• COMO É FEITO A ENDOSCOPIA: 

O paciente é submetido a anestesia geral, após a autorização do anestesista é introduzido o tubo endoscópio pela cavidade oral e realizado a visualização macroscópica de todas a mucosa do trato gastrointestinal, desde a boca até a porção inicial do intestino delgado, após a visualização inicia-se a coleta de amostras para realização da biopsia, amostras essas que são colhidas do estômago e intestino delgado.  

 

• TEMPO DE DURAÇÃO DO EXAME:

O exame tem um tempo estimado de aproximadamente 40 á 120 minutos, podendo ser estendido ou reduzido conforme as condições do paciente. 

 

• PREPARO PARA O EXAME:

Para visualização adequada de toda mucosa do trato gastrintestinal, é importante que não tenho resíduos alimentares, para que não atrapalhem ou inviabilizem a observação e coleta de amostras ( biópsia).

Para tal, é importante respeitar um JEJUM ALIMENTAR de 12 HORAS, antes da realização do exame. 

OBS: O preparo não adequado, pode ocasionar o cancelamento do exame, sendo necessário reagendar o mesmo e submeter o paciente a uma nova anestesia.  

 

• TESTE DE UREASE

Algumas bactérias, dentre elas as Helicobacters, produzem urease como metabólito, e através do Teste de Urease, atestamos ou não a presença desses metabólitos sugerindo a presença das mesmas. 

OBS: O teste é uma possibilidade de triagem, não recomendado ser o único meio de diagnóstico para a doença, pois o mesmo pode ter resultados falsos positivos e negativos, sendo recomendado ultilizar métodos complementares caso haja suspeita da doença.  

 

• REMOÇÃO DE CORPOS ESTRANHOS

A endoscopia é um procedimento que proporciona em alguns momentos a possibilidade de retirada de alguns corpos estranhos, porém não são todos e qualquer corpo estranho que é passível de ser removido com o endoscópio. Em caso de inviabilidade do mesmo ou risco para o paciente, o exame será interrompido e o paciente encaminhado para que seja realizada a intervenção cirúrgica. A transferência do paciente para intervenção cirúrgica, não exime o responsável pelo animal de realizar o pagamento da endoscopia e cirurgia. 

 

• ORIENTAÇÕES E INFORMAÇÕES IMPORTANTES: 

- Chegue 20 minutos antes do horário de agendado para o exame, para retirar possíveis dúvidas e iniciar o preparo do paciente. 

- Caso o paciente utilize medicações de uso prolongado, comunique ao médico veterinário que realizará o exame e informe-se sobre a necessidade de suspender ou não, para realização do mesmo. 

- Alguns pacientes podem apresentar pequenos episódios de vômito após a realização do exame, sendo o mesmo cessado poucas horas ou dias após o mesmo, caso persista os sinais clínicos, informe ao veterinário.

-  Por ser um exame não invasivo, não há necessidade de internação, após a realização do procedimento e recuperção anéstesica do paciente, o mesmo estará liberado para retornar pra casa. 

OBS: Pacientes que tenham por ventura alguma complicação durante o procedimento, podem precisar de internação. 

- As amostras de biópsia coletadas durante o procedimento, serão enviadas ao laboratório e terão resultados de acordo com o prazo do laboratório. 

- Em caso de dúvidas, não deixe de se informar com o médico veterinário. 

 

Instruções redigidas pelo Médico Veterinário Dr. Edwin Luiz Gonzaga (CRMV- RJ 13.170), responsável pelo setor de Endoscopia e Gastroenterologia da Vet Cirúrgica.

 

  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon